Orquestra Juvenil Metropolitana

facebook Instagram Youtube

Conservatório de Música da Metropolitana

Orquestras e Agrupamentos


Orquestra Juvenil Metropolitana

Orquestra Juvenil Metropolitana

Direção Artística | Élio Leal


 

A Orquestra Juvenil Metropolitana (OJM) reúne alunos que frequentam as classes de Cordas, Sopros e Percussão do Curso de Instrumento do Conservatório de Música da Metropolitana e com idades superiores a onze anos de idade. É uma das várias formações desta escola que traduz a vocação específica da Metropolitana para a prática musical de conjunto. Desenvolve a sua atividade no mesmo espaço físico da Orquestra Clássica Metropolitana e da Orquestra Académica Metropolitana – as formações orquestrais das escolas de ensino profissional e de nível superior da Metropolitana –, e ainda da Orquestra Metropolitana de Lisboa, sendo esta constituída por músicos profissionais. Esta convivência quotidiana proporciona uma partilha de experiências que contribui decisivamente para a formação técnica e artística dos músicos mais jovens, mas também do seu desenvolvimento enquanto indivíduos, integrados num contexto culturalmente estimulante, em que se valoriza o trabalho metódico e disciplinado.

               

No ano letivo 2013/2014 desenvolveu uma parceria de intercâmbio académico com o Coro Con Dios (Lund) e com o Conservatório Kulturskolan (Lund), na Suécia. No ano letivo seguinte, foi a vez de Pedro Jóia e Ricardo Ribeiro se juntarem à OJM na interpretação de temas célebres do repertório do Fado, questionando fronteiras entre estilos e gerações. Destaca-se também os concertos dedicados à banda sonora do filme O Feiticeiro de Oz, que em conjunto com Percussões da Metropolitana aconteceram em 2016 nos palcos do Grande Auditório do CCB e nas Ruínas do Carmo, e ainda os estágios de orquestra abertos a alunos de outros estabelecimentos de ensino. No final do ano letivo 2016/2017 esta iniciativa teve como convidado o pianista e professor Artur Pizarro, resultando na interpretação do Concerto para Piano em Ré Menor de Mendelssohn na Academia das Ciências de Lisboa. No ano letivo 2017/2018, estreou a obra original "D"as Fábulas de La Fontaine, uma encomenda da Metropolitana ao compositor Lino Guerreiro no âmbito da inauguração do LU.CA – Teatro Luís de Camões a convite da Câmara Municipal de Lisboa. Em 2018/2019, a OJM irá participar na Temporada da Metropolitana no âmbito do projeto Histórias da Formiga Rabiga, que contará com a estreia da obra original O Principezinho, encomenda da Metropolitana ao compositor Sérgio Azevedo.